segunda-feira, 28 de maio de 2012

Shotokan - simbologia e significado



Tora No Maki     (O TIGRE SHOTOKAN)

Tigre do Shotokan é talvez um dos símbolos mais conhecidos no mundo das Artes Marciais Japonesas. A criação desta figura está naturalmente associada com a introdução do Karatê no Japão efetuada por Gichin Funakoshi.
Um dos grupos que organizou a primeira demonstração feita em território japonês foi o Clube Popular Tabata, uma respeitável associação de artistas. O presidente deste clube era um famoso artista chamado Hoan Kosugi. Para além de ser um conhecido pintor, era também poeta.
Hoan Kosugi ficou entusiasmado com o Karate de Gichin Funakoshi, vindo a ilustrar o primeiro livro de Funakoshi , com o título de RyuKyu Kempo Karate, que foi publicado em Novembro de 1922.
Foi em 1935, quando foi publicado o terceiro livro de Funakoshi, Karate-Do Kyohan, que pela primeira vez apareceu o famoso símbolo, desenhado por Hoan Kosugi.
Existem duas versões para a criação deste símbolo. Uma refere que um dos locais perto de Shuri onde normalmente Gichin Funakoshi gostava de passear e treinar era a montanha Torao, cujo nome significa cauda do tigre, daí a criação da imagem do Tigre. A outra versão, refere que Koan Kosugi considerou o livro Karate-Do Kyohan como o Tora No Maki , ou seja o documento de referência e de princípios do Karate de Gichin Funakoshi. Como Tora também pode significar Tigre, daí a escolha da imagem para ilustrar a obra.

O SÍMBOLO OFICIAL DO SHOTOKAN
O Shotokan é representado por dois círculos sobrepostos, sendo um maior e todo branco e um menor em vermelho.
O círculo branco representa a lua e o menor o sol. O sol brilha e dá luz e calor, a lua inspira a paz e o amor, e tudo isso em conjunto representa a harmonia na natureza.
Essa é a filosofia do Karate-Do: a harmonia da mente, corpo e espírito, o homem com a natureza.


Nenhum comentário:

Postar um comentário